top of page
blog lab cosméticos.png

5 Motivos para Convencer os Donos de Salão de Beleza a Comprarem da Sua Revenda de Cosméticos.

Desenvolver habilidades persuasivas é fundamental para se destacar nas relações comerciais e pessoais quando se trabalha com distribuição de cosméticos e revenda de cosméticos. Se você deseja convencer os proprietários de salões de beleza a fazerem grandes compras e conquistar a fidelidade dos clientes em relação à sua marca, aprender a construir argumentos sólidos é o primeiro passo.

revenda de cosméticos

A arte da venda é dominada por poucos, mas você pode conquistá-la. Vamos apresentar argumentos persuasivos para convencer os donos de salões de beleza a comprarem da sua distribuidora de cosméticos. Confira abaixo como se destacar com a revenda de cosméticos!

  • Dê o primeiro passo: visite-os Na rotina tradicional de vendas, é comum que o potencial cliente, ou seja, o dono do salão de beleza, entre em contato solicitando um orçamento dos produtos. No entanto, apenas o fato de receber essa solicitação não garante que a venda esteja fechada. Nesse ramo, é comum que os clientes entrem em contato com diversas fornecedoras de serviços para comparar preços. É aí que entra o seu diferencial.

Em vez de fornecer valores por telefone ou qualquer outro meio de comunicação, ofereça-se para realizar uma visita. Essa atitude transmite honestidade e segurança ao cliente. Distribuidoras de cosméticos que não conhecem os produtos costumam evitar visitas. Demonstre que você está disposto a ir além para atendê-los.

  • Preste atenção ao que o cliente diz Durante a visita, ouça atentamente o que o cliente realmente deseja e esteja preparado para responder a todas as perguntas. Seus concorrentes costumam chegar aos donos de salões de beleza oferecendo todos os tipos de cosméticos, sem saber se realmente são necessários para o público final deles.

Não basta apenas oferecer shampoos, condicionadores e produtos para cabelo. Você precisa entender o cliente e ser a solução para os problemas dele, oferecendo as linhas corretas para as necessidades específicas do salão.

  • Lidando com objeções Se o cliente expressar objeções em relação aos seus produtos, pare e explique como eles podem beneficiar o serviço prestado por ele e os frequentadores do salão. Deixe claro que sua venda não é apenas uma meta para a distribuidora de cosméticos. Nunca demonstre insegurança durante suas apresentações. Quem domina o assunto fala de forma firme e objetiva sobre o produto que precisa ser comercializado.

Explique pausadamente como cada produto deve ser utilizado, levando em consideração as necessidades do dono do salão de beleza. Essa abordagem causará impacto, pois é esperado que você tente vender todos os produtos de uma vez, em vez de apenas alguns que sejam mais adequados ao perfil dele.

  • Aproveite argumentos positivos Se o cliente demonstrar interesse em sua abordagem, ofereça uma amostra dos seus produtos. Nesse momento, os donos de salões de beleza poderão sentir a textura e o cheiro dos produtos. Você estabelecerá uma conexão mais íntima com eles, ressaltando que, se a parceria se tornar sólida, eles só têm a ganhar com produtos de qualidade e acesso às novidades do mercado em primeira mão.

Se for possível, ofereça promoções, brindes ou outras formas de chamar a atenção dos clientes que receberam positivamente seus argumentos. Fidelizar esses bons clientes também é uma excelente maneira de obter novas indicações para a sua distribuidora de cosméticos.

  • O tempo é valioso Evite gastar tempo com clientes que nunca se tornam fiéis à sua distribuidora de cosméticos. Priorize aqueles que você sabe que pode conquistar.

É importante avaliar os donos de salões de beleza dessa forma, pois quanto mais tempo você gastar com aqueles que, inicialmente, não demonstram interesse, menos tempo terá para fidelizar os clientes que estão mais interessados em seus serviços.


Acreditamos que, com esses argumentos, você será capaz de convencer os donos de salões de beleza a comprarem cada vez mais da sua distribuidora de cosméticos. Como você costuma trabalhar seus argumentos com os clientes? Compartilhe suas experiências conosco!

6 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page